MAIS LIDO

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

confrontos na campanha eleitoral em Barue

16 dia de  campanha eleitoral em Báruè na província de Manica foi marcado por confrontos entre Renamo e Frelimo

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Município de Catandica atende o pedido dos vendedores no mercado Macombe


O Edil do conselho municipal da Vila de Catandica (CMVC) em Báruè, na província DE Mancia no centro de Moçambique, Tome Alfandega Maibeque escutou e reagiu rapidamente o pedido dos vendedores no mercado Macombe que protestaram nesta ultima quarta-feira (10), contra o fecho de caminho que da acesso ao espaço da venda naquele local.


De acordo com os vendedores o presidente Maibeque escutou as preocupações do povo, e deve continuar assim mesmo para o bem-estar dos munícipes. 

quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Vendedores agastados pelo fecho do caminho que da acesso ao mercado Macombe em Catandica

Vendedores agastados pelo fecho do caminho que da acesso ao mercado Macombe em Catandica
caminho fechado
Alguns vendedores do mercado macombe na vila municipal de Catandica, no distrito de Báruè na província de Manica mostram se agastados na manha desta terça-feira (09) pelo fecho do caminho que da acesso a este mercado.
Segundo os vendedores, ficaram surpreendidos por ver aquele caminho já fechado visto que no dia seguinte usou se aquele caminho, até então desconhece se aquém fez o comportamento do género
De acordo com os vendedores, o fecho deste caminho reduziu automaticamente movimento dos seus produtos, e para aperceber melhor, marcharam ao edifício do governo municipal para manifestarem o seu descontentamento.
Esta acção obrigou o presidente do conselho municipal para deslocar no mercado Macombe onde prometeu abrir aquele caminho o mais cedo possível

Município retoma obras de pavimentação da rua Tobias Dai em Catandica

Rua Tobias Dai
O município de Catandica  em Báruè, na província de Manica, retomou desde  última Segunda-feira (8) a obra de pavimentação  de 1.5km  da rua Tobias Dai que  liga Catandica sede e Escola Secundaria Armando Emílio Guebuza. Trata –se de obras iniciada com apoio  financeiro de fundo de estradas no valor  total de mais de dezanove milhões de meticais ( 19.497.886,20Mt) 
Na manha desta Terça-feira  (9) o presidente do conselho municipal de Catandica, Tome Alfandega Maibeque acompanhado pelo vereador da urbanização Armando Alone Chiganda, visitaram esta obra para ver de perto o seu arranque onde por sua vez Maibeque apelou ao empreiteiro para fazer um trabalho de qualidade  rumo ao desenvolvimento.
presidente do municipio visita obra Tobia Dai
Entretanto, o encarregado da empresa Construções Henriques e filhos Limitada  prometeu   cumprir com prazo estabelecido no contrato.
Maibeque diz estar satisfeito com o arranque desta obra e avançou que para este ano serão executados 500 metros e o resto ficara para o próximo ano.
Por sua vez o representante da empresa Scott Wilson, Alberto Chale fiscal da obra queixou -se de lixo depositados pelos munícipes nas bermas daquela rua dizendo que no tempo chuvoso este vai bloquear as aguas resultando na   danificação  da estrada.
lixo na rua Tobias Dai
Por seu turno o edil Maibeque apela aos munícipes para sempre valorizarem infra-estruturas do estado e não depositar lixo nas bermas das estradas visto que estas obras pertencem os mesmos.

segunda-feira, 8 de Setembro de 2014

Dirigentes acusados de ameaça de morte e expulsão ao funcionário público em Báruè

Dirigentes acusados de ameaça de morte e expulsão  ao funcionário  público em Báruè: clique o link abaixo

Dirigentes acusados de ameaça de morte, transferência e expulsão ao funcionário público em Báruè

Por: John Chekwa

       Trata-se de Moises Malape Cufacuanhica, funcionário afecto na área de contabilidade do governo distrital de Báruè na província de Manica suspeito de ter denunciado o caso de desvio de dinheiro do erário público envolvendo o administrador e Secretario permanente do distrito de Báruè. Cufacuanhica disse ainda que estas ameaças surgem após a publicação desta notícia nas redes sociais e imprensa nacional. 
        Moises Malape, disse que foi solicitado no gabinete do administrador Joaquim Zefanias acusando-o de ser o autor na denúncia deste caso.
Cufacuanhica acrescentou que o administrador ameaçou-o de expulsão ou transferência arbitrária e cancelamento de bolsa de estudo que está se beneficiar há dois anos.
         Contactado pela nossa reportagem o administrador do distrito de Báruè, Joaquim Zefanias disse que o funcionário Moises Cufacuanhica tem direito de denunciar a imprensa assuntos que pesam sobre ele como qualquer outro cidadão. Zefanias  não deu mais detalhes sobre este caso.
         A nossa fonte acusa ainda o secretário permanente distrital, (SP) Fernando Conde de ter lhe ameaçado de morte sobre a mesma suspeita. Num contacto telefónico feito pela nossa reportagem sobre esta acusação, o SP disse que não tem tempo para prestar depoimentos a Rádio Comunitária Catandica e recusa ter ameaçado mortalmente o funcionário em causa acrescentando que não possui arma de fogo para o efeito.
       A vítima acrescentou ainda que o motivo da sua suspeita é pelo facto dele ser o responsável pelas receitas do governo local.
      Malape avançou a nossa reportagem que um dos motivos tem a ver com a sua exigência ao governo local a devolução do seu dinheiro no valor de 30.000,00mt que foi obrigado a pagar ao empreiteiro que prestou serviços na residência oficial do administrador edifício do governo distrital em 2011.
       Contactou o empreiteiro de nome Mandiquice pela nossa reportagem, confirmou ter prestado estes serviços mas sem contrato formal no valor total de 60.000,00Mt, tendo recebido do senhor Moises 50% do valor global, neste ano 2014 devido a demora na tramitação do processo de pagamento.

Mandiquese ameaça de retomar a exigir o saldo ao funcionario em causa.

terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Vendaval provoca 2 feridos e deixa alunos ao relento em Catandica

Vendaval provoca 2 feridos e deixa alunos ao relento em Catandica
Por: John Chekwa

Um vento forte que invadiu a escola Primaria Completa 3 de Fevereiro por volta das 13horas desta terça-feira (2) no município de Catandica, distrito de Báruè na província de Manica feriu dois alunos e destrui salas o tecto de novas salas de aula naquele estabelecimento de ensino primaria.
Por sua vez a directora daquela escola, Márcia Catoma disse que os alunos feridos estão fora de perigo e aquelas salas ainda não tinha sido entregues pelo empreiteiro mas decidiram utilizar para minimizar a falta de salas de aulas naquela escola.

Contactado o representante do Serviço Distrital da Educação, Juventude e Tecnologia em Báruè, Celestino José Niquisse duvidou –se da qualidade da obra em cause e  prometeu urgentemente investigar  junto com o empreiteiro as causas do acidente.